sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Hoje é isto

"Por querer mais do que a vida
Sou a sombra do que sou
E ao fim não toquei em nada
Do que em mim tocou"
 
 
Capitão Romance - Ornatos Violeta


quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Foge que vem aí o B.A.

O meu piolho continua a dar luta à bicheza que o anda a chatear desde sábado. Os níveis de mãezite aguda estão nos pincaros. E anda chatinho e embirrento. Para além das febres e mau estar, está há 4 dias fechado em casa. E como diz o provérbio "Galo de campo não que capoeira". A juntar à rabujisse, ele é péssimo para tomar medicamentos...é o drama, o horror! Ele grita e esperneia e puxa o vómito...uma animação. A minha mãe diz que eu era igual. O meu irmão até a dormir tomava a medicação. Já eu dormia com a mão no rabo para a minha mãe não me pôr os supositórios.
Conta a minha mãe que, nos idos anos 80 eu só deixava meter supositórios quando me diziam que era o BA (dos Soldados da Fortuna) que ia dar cabo dos maus. E eu na minha inocência de criança lá deixava. Vistas agora as coisas...é impressão minha ou isto soa muito estranho???Se agora me dissessem para para me pôr a jeito que vem ai o BA...no minimo fugia aos gritos!

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

É só para avisar...

Se por um qualquer acaso alguém estiver a pensar em raptar-me e em aplicar-me a tortura do sona para sacarem informações...aviso já: em primeiro lugar não tenho informações que valham o trabalho de me raptarem (e quase de certeza que ninguém me paga o resgate). Em segundo lugar, derivado a estar há já algum tempo em privação de sono...actualmente eu rio-me na cara do sono!!! Muahhhhhh
(É isto ou então a privação de sono está a dar comigo em doida)

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Depois da tempestade...

 
Supostamente vem a a bonaça. O que não aconteceu lá por casa: o meu piolho está com 39º/40º de febre desde sábado à tarde. O pediatra diz o mesmo de sempre: "Blá, Blá, Blá...a febre é boa, porque quer dizer que o corpo está a reagir, e só depois de 72h com febre é se faz alguma coisa para além do que se está a fazer". Isto é tudo muito ...bonito, mas coração de mãe não aguenta vê-lo assim, com aquelas temperaturas ( e eu que tenho pavor de febres altas!),murchinho, sem querer brincar, sem fazer asneiras...Para ajudar à festa, ele que já andava sem apetite, agora sem apetite está.
E o que custa ouvi-lo chamar por mim, apesar de estar ao meu colo agarrado a mim, como quem diz "Oh palhaça, faz alguma coisa para eu ficar bom" e eu assim, impotente...
Depois da temprestade,definitivamente não veio a bonança.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

És verdadeiramente feliz???

Hoje, já não sei onde nem porquê, li a seguinte pergunta: És verdadeiramente feliz?
Pensei e repensei, e a resposta é um redondo não.
Esta felicidade que falo é aquela felicidade completa e não as alegrias do dia a dia (se bem que há quem diga que a felicidade é composta de pequenas alegrias).Podem-me dizer "não me digas que com um filho, não és feliz". Claro que ele me faz feliz...ele é o meu oxigénio!Mas se formos ver bem, nem no nascimento do meu filho (que deve ter sido o melhor dia que já tive) fui completamente feliz: nem que seja por causa da preocupação com que estava!
Se já fui completamente feliz? Sim...se puxar pela memória, sim, já fui.Nessa altura não precisava de mais nada do que tinha (nem de 1.000.000€).
Entretanto muita coisa mudou e a felicidade foi desaparecendo, de fininho, sem grandes alaridos até que um dia dei por falta dela. E vasculhei os recantos da memória para me recordar como cheguei a este ponto. Há razões demasiado dolorosas para serem recordadas, quanto mais reproduzidas... Tentei lembrar-me de todas as más decisões e actos falhados. Todos os erros, teimosias e orgulhos. E eu que nunca fui de arrependimentos, dou comigo a pesar nos "ses"...Mas também me questiono: foi a felicidade que acabou, fui eu quem lhe abriu a porta para sair, ou foi o conceito de felicidade que mudou?Não consigo dar uma resposta 100% honesta.
A questão que se põe é: "Quero ser feliz?" A resposta parece obvia, mas outras questões se levantam: Qual o preço da felicidade (e não estou a falar do preço monetário)? Estou com vontade/coragem/força para procurar essa felicidade? O que é que é realmente preciso para ser feliz?
Demasiadas perguntas, para tantas incertezas e tão poucas respostas...o que não deixa de ser triste e preocupante.
E é neste momento que o "Á espera do fim" do Jorge Palma ecoa na minha cabeça:

"Vou andando por ai
Sobrevivendo á bebedeira e ao comprimido
Vou dizendo sim á engrenagem
E ando muito deprimido
É dificil encontrar quem o não esteja
Quando o sistema nos consome e aleija
Trincamos sempre o caroço
Mas já não saboreamos a cereja
 
Já houve tempos em que eu
Tinha tudo não tendo quase nada
Quando dormia ao relento
Ouvindo o vento beijar a geada
Fazia o meu manjar com pão e uva
Fazia o meu caminho ao sol ou á chuva
Ao encontro da mão miúda
Que me assentava como uma luva"


E tu? És verdadeiramente feliz?

O Prince está velho!

Hoje ouvi a musica nova do Prince. O som é definitivamente Prince...A voz é a de um Prince velho. É que se formos ver bem, ele já tem 54 anos...elas não matam mas moem!

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Então mas isto hoje é só gente parva?

Parece que hoje os parvinhos saíram à rua!
Hoje só me calha gente parva. E acreditem: há gente muito parva!

Hmmm

O meu sócio diz que estou a ficar obsecada por poupar...isto porque me "apanhou" a elaborar um plano (ok, admito um tanto ou quanto rebuscado) para optimizar os descontos do tio Belmiro...se posso poupar, poupo, ora essa!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

A semana promete

Comecei o dia a escangalhar-me na escada lá de casa...estou cheia de dores de costas. Chego ao trabalho e os problemas com o servidor continuam. Instalaram um email do tempo da tia cachucha, em que os emails não chegam, ou não se consegue enviar...e o trabalho a acumular e eu sem conseguir fazer nada...
Calma....ainda hoje é segunda feira....

sábado, 12 de janeiro de 2013

O cão e a mala

Eu já tive 3 cães. E tratei os 3 como se da minha familia se tratasse. Mas nunca me esqueci o que eles eram...animais irracionais. Como tal era meu dever tratar, proteger e educa-los. Um dos cães que tive era um pastor alemão. Lindo e meigo que só ele. Mas, mais do que uma vez, perante determinadas situações (especialmente quando via o carteiro e motas), ele virava o boneco e transfigurava-se...Se tinha razões para isso...não sei, se calhar o carteiro até lhe fez algum mal, mas isso desculpava tudo, se ele  o mordesse? Não me parece...e com ou sem razão era repreendido e era posto no lugar dele.
Eu jamais deixo o meu filho (ou a minha pessoa) demasiado à vontade com cães, sejam eles caniches ou pitbull's. Mais uma vez: os cães são animais. E sim, o cão mais manso e pacifico do mundo pode "virar o boneco".
Em relação ao que aconteceu em Beja...tenho pena. Do bebé, do cão (que não teve donos à altura), e claro dos pais (que a dor de perder um filho é inimaginável). Acho que aconteceu ali uma mistura de erros que deu no que deu...

Agora a menina que quer uma mala preta daquelas que fica bem com tudo...apesar daquele video gritar "futilidade" por tudo que é lado, e só a figura (para não falar do tom de voz) ser demasiado irritante, acho as reacções exageradas...Se a moçoila quer uma mala de quase 4000€, qual é o mal? Será que as reacções seriam as mesmas se o desejo dela para 2013 fosse fazer um cruzeiro ou uma viagem de 1 mês à India (ou a outro lado qualquer)?
Claro que ela pôs-se a jeito para ser alvo de chacota (já ouviram o Tubo de Ensaio sobre este assunto? Hilariante!). Mas há gente que levou a coisa demasiado a peito! Minha gente, preocupem-se e revoltem-se com o que realmente importa...quero lá saber que uma pessoa que eu nem sequer sabia que existia, quer uma mala Chanel....são ambições. Cada um com as suas!

Repita lá?

O primeiro ministro disse que "o governo PSD/CDS-PP tem legitimidade para tomar todas as medidas, desde que elas respeitem a Constituição e a lei". Entre esta afirmação e a Constituição estar a ser desrespeitada (se é que já não está a ser) é um pulinho...

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Tic Tac

Há 2 dias que na empresa estamos sem emails e sem acesso à rede...estamos para aqui a olhar uns para os outros com pouco ou nada para fazer...parece que estamos isolados do mundo. E o tempo demora tanto a passar!

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Oh pá...é de evitar!

A minha colega quando atende o telefone diz ""Tô,Tô"...e irrita-me tanto!!! Vem-me sempre à memória o sketch do Gato fedorento "Os Extreminadores da Parvoíce" (se não estão a ver, ide ver ao "youtuber").
Ao fim do dia estou pelos cabelos...dá para não atender o telefone assim?...Vá lá...

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Oh Messi...

...que raio de casaco era aquele???

Inspira....Expira....

Não sei o que se passa hoje, mas parece que acordou tudo com os pés de fora.
Está tudo de trombas, de mau humor, a refilar por qualquer coisinha...chiça...deve estar tudo naquela altura do mês (homens incluíduos).

A primeira do ano!

Aqui está a primeira sessão de enxaquecas do ano...aguenta e não chora!

domingo, 6 de janeiro de 2013

Por mim tudo bem!

Não sou de me gabar, mas este fim de semana dormi até quase às 9h da manhã...deve estar algum santo para cair do altar!

Cidade fantasma

Ontem fomos jantar a Lisboa, perto das Amoreiras. Depois fomos de carro até aos Restauradores (é impressão minha ou aquela Av. da Liberdade está uma real cagada com alteração dos sentidos de trânsito???), e lá fomos a pé, pelas portas de Sto Antão, parámos para a ginginha no largo de S. Domingos, passamos o Rossio, a Rua Augusta e só paramos no Terreiro do Paço...e tirando os freaks e os manhosos que andam a fazer negócios menos licitos à frente de todos, Lisboa (sobretudo do Rossio para baixo) parecia uma cidade fantasma...

sábado, 5 de janeiro de 2013

Cabelos

O meu piolho tem um certo horror/medo/pânico de cortar o cabelo. Desde os 9 meses que corta o cabelo de 2 em 2 meses, já que o cabelo dele cresce à velocidade da luz. A ultima vez que o cabelo foi cortado, foi em Setembro. E não foi nada bonito de ser ver: foram gritos e lágrimas com fartura! Desde então que ando a arranjar coragem para o levar à cabeleira...entretanto já está com o chamado "Cabelo à Beatle".  As orelhas perdem-se de vista entre o cabelo...e quando lhe digo: "Vamos cortar o cabelo?", ele diz "Na,na,na!" Com um ar como se eu lhe tivesse a perguntar se quer ir para a cadeira eléctrica...
Alguém tem truques???

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Então e a passagem de ano???

Então e a passagem de ano???
 
Espectacular: o Sócio esteve de cama (decobriu hoje, depois de uma semana doente, que está com o principio de uma pneumonia), quase não se comeu nada, às 22h30 já estavamos os 3 a dormir no sofá. Fui acordada faltavam 15 segundos para a meia noite, ainda meio estremunhada dei o beijinho de bom ano (este ano nem houve passas nem espumante), e caminha com eles. Ontem, com o dia radioso e a maleita a parecer que dava tréguas, fomos almoçar a Setubal à beira rio. Apesar das filas para arranjar mesa, como eramos só 3, lá nos arranjaram uma mesinha. Arroz de lingueirão para começar bem o ano. E ao tempo que eu andava a aguar por um arroz de lingueirão!!! Para acalmar ânimos tive uma paragem de digestão e passei uma noite espectacular...desconfio que ainda tenho 2 ou 3 linguerões a nadar no meu estômago.
 
Este ano promete!

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Ano Novo...Regresso ao Blog

Pois é, depois deste tempo todo ausente, senti novamente a necessidade de escrever o que me vai na alma.

O ano 2012 foi para lá de mau. Cheio de desilusões, revoltas e tristezas...e sinceramente acho que este que chegou não vai ser melhor. Não sou derrotista, mas remar contra a maré cansa...e eu ando extremamente cansada!
Ou então pode ser que esteja enganada e 2013 vai ser "O" ano!!!

Bom ano para todos!